A dança à luz da Bíblia

Por Orlando Caetano

 

Com exceção da dança de Salomé perante Herodes (provavelmente uma espécie de pantomima de influência romana), os múltiplos casos, exemplos e citações relacionados com a dança na Bíblia nem têm um caráter de sedução lasciva, nem são danças «a solo», exceto a dança (II Sm. 6:14-16; Cr. 15:29) de David, o «homem segundo o coração de Deus», tão respeitado pelo Povo do Senhor, ainda hoje.

Geralmente as danças são expressões grupais: de alegria, divertimento e/ou adoração a Deus.

Nomeadamente no livro de Salmos, há convites bem explícitos para louvar a Deus com danças, como por exemplo em Salmo 149:3, 150:4 (alguns tradutores escreveram flauta em vez de dança!!) .

Algumas outras referências:
Juizes 21:19-23;
I Samuel 30:16;
II Samuel 6:5: “David e toda a casa de Israel dançavam diante de Jeová...”
Salmo 87:7: “Dirão tanto os que cantam como os que dançam: todas as minhas fontes são em ti”;
Cantares 6:13: “Volta, volta ó Sulamita... Porque quereis contemplar a Sulamita, como a dança de Mahanaim?”.
(Tradução Brasileira, das Sociedades Bíblicas Unidas, corroborada pela ISBE, Enciclopédia Bíblica Internacional, vol II, p.1169-1170).

Na parábola do Filho Pródigo, (Lucas 15:25) a dança assume um caráter bastante significativo, não só por ser uma alusão referida por Jesus, o Verbo que atualizou a Palavra de Deus e a personificou (Hebreus 1:1), mas também porque essa parábola ilustra a relação do homem com Deus, e a alegria que existe no céu quando um pecador se arrepende. Ora essa alegria é traduzida de várias formas, sendo uma delas a dança.

Talvez no céu isso aconteça, numa situação como essa e, se assim for, então existem danças no Céu. Os anjos dançam e cantam de júbilo quando uma criatura humana volta ao Lar Paterno! Não estou a afirmar, mas é uma possibilidade! Um dia saberemos ao certo, na Sua divina presença. Aleluia!

É também de salientar que a dança fazia parte da vida corrente, entre os judeus, e até dos jogos infantis, como lemos em Mateus 11:17 e Lucas 7:32.

Perante o que lemos na Bíblia, a dança é uma expressão de alegria, de festa, de convívio e de adoração a Deus. É de lamentar que, entre os cristãos evangélicos, se dance tão pouco.

Claro que, em todas as práticas, inclusive as artísticas, há sempre o bom e o mau. Existe má literatura, mas continuamos a ler bons livros. Existe má fotografia, mas continuamos a tirar e a ver fotografias. Existe má pintura, mas continuamos a pintar e a apreciar as artes plásticas. Existe mau cinema, mas continuamos a valorizar grandes obras cinematográficas. Existe mau teatro, mas também há bom teatro; má escultura e boa; péssimos programas de televisão e outros excelentes, etc..

“Examinai tudo, retende o bem”, aconselhou o apóstolo Paulo (I Tess. 5:21).

E podíamos dizer ainda que, infelizmente, dentro das igrejas também existe o bom e o mau. Há pessoas sinceras e outras hipócritas, há cristãos honestos e outros que o não são, e há também muita vaidade, muita maledicência, muita falsa santidade, muita inveja, muito fanatismo...

Ao Senhor e só a Ele compete separar o trigo do joio.

Por isso, irmãos, se sentem o desejo de cantar, cantem! Se sentem o desejo de tocar, toquem. Se sentem o desejo de dançar, dancem... desde que em tudo o que façam não haja maldade, mas sim um espírito são, de alegria, de comunhão, de louvor a Deus, ou de simples diversão saudável, comunicativa!

Eu próprio tenho dançado, nomeadamente em festas de alunos meus, a seu convite, em ambiente de são convívio.

Voltemos à Bíblia. Dancemos!

quinta 18 outubro 2007 23:05 , em Louvor e Adoração



9 comentário(s)

  • CEU NATO mailto Qui 31 Jan 2013 19:07
    DANÇAR REALMENTE É UMA ALEGRIA E ADORAÇÃO AO SEMHOR E UMA FORMA DE PASSAR AO POVO DE DEUS O QUE SE PASSA EM SUA ALMA ,SE AVER SANTIDADE PASSARA SANTIDADE SE HAVER MALICIA OU MALDADE PASSARÁ. MAS PARE E PENSE PARA UM PESSOA SENTIR O DESEJO DE DANÇAR DIANTE DO SENHOR É MUITO SÉRIO,POR ISSO É MELHOR EXPOR SEU AMOR SOMENTE A DEUS.
  • Joelma De Riz mailto Qui 31 Jan 2013 12:14
    Seu artigo é muito lúcido e respeita o que é de mais importante: a separação do joio e do trigo cabe a Deus e nenhum julgamento feito por homens tem tanto valor daquele feito por Deus, nosso Criador e sabedor de todas as coisas. A nossa consciência, pautada nos ensinamentos dele, deve ser o nosso guia, sabendo que estamos sujeitos a falhas que, uma vez identificadas por nós através de sua fala, podem ser reparadas pela misericórdia do Pai, que compreende nosso caráter imperfeito, ainda que tenha nos criado para a perfeição. Um abraço!
  • welerton mailto Sex 26 Out 2012 20:32
    DEUS conhece o coração de todas as pessoas, porisso quer dançando como davi, quer cantando, precisamos fazer isso tudo para ele. dançar com sensualidade e uma coisa, mais dançar na presença do senhor e outra, por que davi talves nem sabia dançar, talves pessoas dizia "ala meu rei, nem sabe dançar kkkk", mas davi sabia que estava dançando pra DEUS, em agradecimento e ele. parabens pastor pela mensagem, DEUS abençoe.
  • Franklin Qua 22 Ago 2012 05:40
    A dançarina de Herodes ninguém fala? A dança não é costume bíblico, a não ser que alguém seja contencioso, na verdade só serve para expor o desejo latente da carne e trazer o que se faz no mundo. Não tem como levar ninguém a Cristo de uma forma sincera, se o conhecimento vem pela Palavra, o que se propõe é a sensualidade disfarçada na dança.
  • MIkeline mailto Qui 02 Ago 2012 19:29
    Amém Pastor Roberto!
  • juliana mailto Sex 20 Jul 2012 14:12
    Dançar na presença do Senhor é uma expressão de liberdade na presença do seu Pai. Assim você libera seu espírito para uma dimensão totalmente nova. Quando você dança para Ele algo começa a mudar dentro de você e no seu ambiente externo. Existem expressões de movimentos dentro do você que só podem ser liberados quando você dança. Muitas vezes não encontramos palavras para descrever o que sentimento, a dança então nos ajudar a expressar em movimentos o que as palavras não conseguem. Ao nos movermos e nos expressarmos, um revelar do íntimo de nossos corações sobe ao Senhor. Cada volta, giro, pulo, salto etc o Senhor se regozija. O Senhor se deleita em nós quando dançamos, e em alguns momentos percebemos que Ele também dança conosco e sentimo-nos envolvidas com a Sua presença. Não podemos nunca esquecer que nosso maior objetivo n a vida é adorar ao Senhor!

    Adoraçãocom dança é um estilo de vida. Adoração é render-se a vontade de Deus, é agrada-Lo em tudo, é reconhecer quem Ele é, o Deus auto-existente que se revela.
  • vagner Ter 26 Jun 2012 02:14
    temos que tomar muito cuidado, por que as vezes o mundo está entrando aos poucos nas igrejas justos por causas de algumas danças.
  • Ev. José Rodrigue mailto Qui 22 Mar 2012 15:06
    Esse negocio de dança é complicado, tenhamos cuidado com a contextualização, para evitar a viagem na maionese, com o modernísmo, que está levando homens de Deus a meter os pés pelas mãos. Att. Ev. José Rodrigues, Paraíso do Tocantins - TO.
  • Fernanda Dom 11 Dez 2011 03:43
    Glórias a Deus por sua vida! É tão dificil encontrar cristãos que compreendem o que Deus fala a respeito da dança e a importância que ela tem. Tenho louvado ao Senhor atraves da dança e isso tem sido a forma que Deus quer me usar para que pessoas sejam alcançadas, curadas, libertas e salvas...


Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.196.57.4) para se identificar     



Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para estudosbiblicos

Precisa estar conectado para adicionar estudosbiblicos para os seus amigos

 
Criar um blog