Significado do Natal

ELE NASCEU PARA MORRER POR NÓS - VALE A PENA COMEMORAR

A maior festa de aniversário do Mundo está chegando, um menino nasceu e mudou a história, por mais que o paganismo possa desconsiderar a pessoa de Jesus, aceitar que tudo e todos foram marcados antes e depois dele é inevitável, a historia mundial, os acontecimentos da tecnologia, e até o homem. O profeta Isaias declarou em alta e boa voz "Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o principado está sobre os seus ombros, e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz. Mas será que Jesus nasceu neste dia? Devemos comemorar o Natal? De onde veio a idéia desta data?

Tenho em mente que vale muito a pena comemorar o Natal, quero dizer que respeito à posição das pessoas que não comemoram, mas gostaria muito que você pensasse sobre esta comemoração lendo esta matéria.

ORIGEM DO NATAL

Natal vem do latim "natale", que significa nascimento, os cristãos primitivos não tinha interesse de comemorar o natal, logo na metade do século III d.C., Hipólito, bispo de Roma, escolheu a data de dois de Janeiro para comemorar o nascimento de Jesus, outros cristãos escolheram outras datas. Em 325 a 354 d.C. fica acertada a data de 25 de Dezembro para a comemoração universal do Nascimento de Jesus. Olhando para a Palavra de Deus, não existe nenhum registro especifico para o nascimento de Jesus, o que conhecemos sobre este dia é que houve grande jubilo no céu e na terra marcados por um exercito de anjos, presentes, e uma alegria incomparável de Deus o criador universal. Por mais que esta data não seja a verdadeira data do nascimento de Cristo, isto seria um argumento legalista demais para não comemorar, será que você nunca viu ninguém nascer em um dia e ser registrado no outro? O que importa é que JESUS NASCEU e por isso o povo de Deus deve se alegrar. Mas esta data deve ser comemorada com mais alegria ainda pelos cristãos, sabe porque?

Quando olhamos o que era comemorado neste dia, e que foi esquecido, isto demonstra a soberania de Cristo em todos os aspectos. O Império Romano neste dia, 25 de Dezembro comemorava a festividade do Natal do Sol Invicto, esta festividade era comemorada pelos adoradores do "Sol Invicto". Estes adoradores eram identificados com Mitra. O Mitraismo era um culto semelhante ao cristianismo. Quando o dia 25 de Dezembro foi cogitado para o nascimento de Cristo, o cristianismo entrou em conflito com o mitraismo, mas quem venceu foi Jesus Cristo. Neste dia o cristianismo ofuscou as festividades pagãs. O profeta Malaquias profetiza no Capitulo 4v.2 "Mas vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerro da estrebaria." O sol da justiça nasceu e o costume pagão foi esquecido ao longo dos anos e até hoje Cristo é honrado pelo seu nascimento.

Este acontecimento é como se o de um feriado de uma festa pagã fosse substituído por uma comemoração cristã. Como no dia do Carnaval fosse colocado o dia de Ações de Graça, no dia 31 de Outubro dia de Halloween fosse substituído por qualquer dia que honre a Cristo. A pergunta é: Se acontecesse a troca destes dias por uma comemoração Cristã, você comemoraria com alegria ou não? Não importa se o dia é ou não 25 de Dezembro, mas devemos exaltar o acontecimento: JESUS NASCEU!

Não estamos preocupados no dia propriamente dito, mas o fato de Cristo nascer, já nos dá um gozo em nossa alma porque o plano de Deus estava preste a acontecer, a aliança entre você e Deus, a comunhão do homem com Deus, seria estabelecido pela morte de Cristo, e para morrer é necessário nascer, o inicio de uma nova vida estava prestes a acontecer.
O que deve ficar claro é que este dia podia ser comemorado em qualquer dia do ano, os cristãos não estão se apegando a data em si, mas sim o acontecimento.

JESUS NASCEU NO INVERNO OU NO VERÃO?

Existe duas teses que serão colocadas aqui, cada uma defendendo a sua posição, mas vale a pena conhece-las para que você possa abrir o seu leque de conhecimentos.

A primeira é que Jesus não nasceu no inverno. Levando o contexto de Lucas, que da a entender que Jesus teria nascido no verão, por causa do recenseamento determinado por César Augusto (Lucas 2- 1-2).

Outra posição defendida é que os pastores estavam no campo durante a noite, para quem já vez uma viagem a Israel, é de conhecimento que à noite em alguns lugares o frio é muito forte e que os pastores não conseguiriam agüentar estando com o rebanho. Outra situação contraria ao inverno é o deslocamento de uma grande quantidade de pessoas de um local para o outro, fato que não seria comum ou apropriado no inverno, então da a entender que poderia ter acontecido no período entre Abril e Novembro.

Por outro lado gostaria de colocar uma posição contraria que defende o nascimento de Jesus no Inverno. Levando em conta que o decreto foi dado pelo Imperador e devia ser obedecido, os Governantes romanos poderiam dar o recenseamento não importando se estava no inverno ou no verão. Outro ponto que devemos analisar é que todos eram obrigados alistar-se, não importando a situação em que se encontrava, até mesmo Maria grávida teve que ir. O recenseamento Romano tinha 2 finalidades:

1- Declaração dos nomes das pessoas,sua ocupação, esposas, filhos, servos e propriedades.
2- Declaração do valor de suas propriedades, do dinheiro e outros recursos com que esperavam contribuir para a manutenção do governo, o fornecimento de homens e dinheiro.

Por ser uma obrigação, não sabemos a necessidade do governo nesta época, na qual poderia ser uma chamada extraordinária, sabemos que o povo esperava um libertador de Israel, mas terreno porque não suportavam mais viver debaixo das vontades do governo Romano. Este poderia ser um recenseamento para obter mais imposto ou poderia ser que o governo Romano estava precisando de mais dinheiro e esta foi à saída para a ocasião.

Outra situação que deve ser levada em conta é que Jesus não nasceu no relento como é demonstrado nos presépios, ele nasceu na estrebaria.

As casas da época normalmente tinham um lugar de colocar os animais dentro da casa, seria como se a casa tivesse uma garagem e ali fosse o primeiro nível da casa aonde os animais poderiam ficar no inverno. Jesus estava na manjedoura, isto para alguns defensores do inverno demonstra que Jesus estava dentro da casa, ou seja,dentro do 1º nível.

Na questão dos pastores que estariam com as ovelhas no campo, existe uma posição de R.N.Chaplin, que na Mishnah indica que as ovelhas reservadas para o sacrifício no templo eram postas a pastar nos campos que circundavam Belém, e que as ovelhas para o sacrifício não poderiam ser confinadas. Estes pastores deveriam ser homens preparados para esta tarefa, cuidando das ovelhas que eram em beneficio a adoração efetuada no templo. Os pastores foram abençoados por Deus e tiveram a oportunidade de ver o menino Jesus que seria a substituição dos sacrifícios, por amor e submissão à ordem do Senhor. Deus tinha dado aos pastores a certeza de que aquele sacrifício de ficar tomando conta das ovelhas iria acabar em breve.

Aqui colocamos algumas questões, mas não importa se ele nasceu no inverno ou no verão, importa que JESUS NASCEU!

ELE NASCEU PARA MORRER POR NÓS

As datas, o tempo ficam em segundo plano para o Cristão, o que não podemos esquecer é que Jesus foi uma promessa de Deus para resgatar o Homem. Quando olho para a Bíblia o nascimento de Jesus indica esperança, Ele foi o libertador, o profeta, o sacerdote, e o próprio sacrifício. Para qualquer cristão o natal deve lembrar a materialização do Amor de Deus, a revelação do próprio Deus para o homem, a porta que nos dá entrada ao reino Celestial.

Por isso quero lembrar Isaias 53:

Quem deu credito a nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?

Porque foi subindo como um renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência para que o desejássemos. Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos caso dele caso algum. Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si, e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades, o castigo que nos trouxe a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós estávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele à iniqüidade de nós todos. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca, como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca.

Da opressão e do juízo foi tirado, e quem contará o tempo de sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes, pela transgressão do meu povo ele foi atingido. E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sai morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca.

Todavia, ao Senhor agradou moê-lo. fazendo enfermar, quando sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará aos seus dias, e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão.

Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos, porque as iniqüidades deles levará sobre si. Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores, mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.

ELE NASCEU PARA MORRER POR NÓS.
FELIZ ANIVERSÁRIO - JESUS

Fonte: http://br.geocities.com/gospelhomepage/natal.htm

quinta 18 dezembro 2008 10:40 , em Festas Pagãs



17 comentário(s)

  • wanessa mailto Qua 20 Nov 2013 23:49
    obrigada que DEUS abençoa terei minhas duvida sobre o natal
  • orlando luiz de carvalho mailto Ter 25 Dez 2012 18:30
    quero receber mensagem com serneto o que e o verdadeira matal.
  • rafael chimanski mailto Ter 25 Dez 2012 13:07
    a data em q Jesus nasceu, na vdd ñ importa. acredito q foi algo proposital inclusive, porque vemos passoas festejando, se embebedando, fazendo cada tipo de coisas q envergonham o evangelho. (a salvação c da qnd Jesus é gerado "nescido" dentro das pessoas)
  • aline mailto Sáb 22 Dez 2012 14:31
    mais se Jeusu nao tivesse nascido ele nao teria morrido os dois momentos sao especias sim com certeza e sendo esdte o dia ou nao eu agradeço a Deus por Jesus ter nascido.
  • Kherubyn Sáb 15 Dez 2012 03:20
    Quando se diz que a celebração do nascimento de “jesus” substituiu ou venceu uma comeração pagã, é nada mais do que uma peróla da hipocrisia. Temos que o próprio protagonista da celebração natalina, certa vez disse, a bem da verdade, a um grupo de hipocritas que tentavam arrumar uma ocasião para arrastá-LO ao sinédrio, disse ELE: “ E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” Yochanam (João) 8:32. Para alcançar a GRAÇA, necessitamos unicamente do conhecimento da verdade, que segundo YESHUA é a única forma de libertação. Ao ficarmos presos a mentira, jamais ocorrerá verdadeiramente a libertação que buscamos. O natal da forma como conhecemos foi estabelecido no covil do maligno, no seio da tradição babilonica de Ninrode. Pela obra do inimigo vemos que praticamente todas as civilizações do mundo antigo conta a mesma história que surgiu na babilônia. O filho que nasceu em 25 de dezembro, que na verdade era o pai que encarnou, que morreu e depois de tres dias ressucitou e voltou para o sol. Na Persia antiga o deus mitra, que no império romano foi cultuado pelas legiões romanas e como consequencia, o General imperador Constantino era devoto contumaz do deus mitra. O mesmo Constantino que apesar de pagão, adorador de mitra, convocou o concílio de Nicéia e interferiu abusivamente neste concílio, de forma a constituir alguns dogmas heréticos, que perduram até os dias de hoje. E assim o catolicismo que sincretizou aquele cristianismo da primeira hora com a tradição pagã da babilônia de Ninrode, e chegamos em pleno século XXI com o paganismo natalino vivo e latente. Portanto não concordo com a infeliz argumentação que li no texto acima de que o natal susbtituiu o paganismo. A meu ver houve uma paganização do cristianismo, obra que todo crente deveria repudiar, no entanto vejo que uma grande legião de pessoas que se dizem crentes, cedendo de forma tola a sedução criada pelo catolicismo romano. O mesmo catolicismo romano que criou a comeração do natal, também decretou guerras sangrentas em nome do SENHOR. O mesmo catolicismo romano que perseguiu e matou muitos cristãos. Para aquele que sustenta sua fé nas ESCRITURAS, devem procurar argumentos sadios nas ESCRITURAS. As ESCRITURAS de forma contundente nos mostra que o Mestre YESHUA não nasceu em 25 de Dezembro. A descrição da noite do nascimento descrita no livro de Lucas, nos informa com clareza que aquela noite não foi em dezembro, pois a vigília dos pastores não poderia ter ocorido em pleno inverno. Assim ao aceitarmos essa mentira criada pelo romanismo, não estamos caminhando em terreno seguro. Temos ainda o testemunho de Sha'ul (Paulo) que ensinou que devemos amar a verdade e fugir da mentira Efésios 4:25. Guardemos nossos corações do pecado e procuremos servir ao Mestre YESHUA da forma que nos foi determinado por SUA inegável sabedoria. Que me consta, YESHUA nunca ordenou comemorarmos seu nascimento, mas deixou uma ordenança para celebrarmos o seu sangue derramado. É o supremo sacrifício que deve ser levado através dos tempos. Pois a redenção veio ao mundo através de SUA morte e ressurreição. É a ELE que devemos nossa salvação, portanto é a ELE que devemos obediência e fidelidade.
  • Elton Santana Ter 04 Dez 2012 00:37
    "Este acontecimento é como se o de um feriado de uma festa pagã fosse substituído por uma comemoração cristã"
    Essa frase que foi dita se chama sincretismo e foi isso que a religião de roma fez e faz trazendo o mundo para dentro da igreja.
    Essa festa é pagã e não se fundamenta na palavra em lugar nenhum.
    Os discipulos de Cristo não devem "santificar" as coisas do mundo mais sim odiar o mundo 1Jo 2:15.
  • malvadi di funk mailto Sex 09 Nov 2012 14:47
    es muy calidad me gusta muchooooooooo gracias muchachos obrigado meu anjo AI CARAIIIIIIIIIIII
  • luis xv mailto Dom 25 Dez 2011 17:11
    o sr. DJ. eu mando estudar um pouco sobre religiôes. o texto acima è excelente, gostei muito, celebrar o natal no dia 25 de dezembro è uma tradiçâo que começou ano 440 d.c. diz a historia. eu que nâo sou catolico nem crente comemoro o natal nesta data, junto com a galera, afinal è festa mundial.
  • cecy mailto Dom 25 Dez 2011 01:42
    Concordo plenamente com você Cleber, faço minhas todas as suas palavras, vígulas e pontos. Acho que o Sr Jonas está mesmo é querendo encher a pança, porque se realmente conhecesse a palavra de Deus, a Bíblia - Mat 28:18, 19, 20 logo ele entenderia que a ordem de Jesus não tem nada a ver com o que ele diz e está fazendo, mas quem sabe, um dia ele poderá vir a enxergar e entender o que realmente a bíblia ensina.
  • JOSE AUGUSTO Sáb 24 Dez 2011 19:25
    Parabenizo o texto, que tem como principal mensagem A MORTE VICÁRIA E EXPIATÓRIA DE CRISTO. Para tanto faz necessário passar pela concepção virginal e portanto pelo nascimento. Se é comemorado no mês de dezembro ou abril ou no período da festa dos Tabernáculos que isso importa?. O que vale é que nesse período nós cristãos possamos intensificar o verdadeiro motivo do Natal em detrimento a quaisquer idolatria.


Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.196.57.4) para se identificar     



Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para estudosbiblicos

Precisa estar conectado para adicionar estudosbiblicos para os seus amigos

 
Criar um blog